Blog da Demolidora

Fique por dentro de dicas e informações sobre os assuntos relacionados
a construção civil e a nossa empresa.

10 passos para comprar a casa própria com mais tranquilidade
Comprar a casa própria é o sonho de consumo de muitos brasileiros. Mas, para realizá-lo, é necessário aprender a poupar e fazer um bom planejamento antes de entrar num financiamento que pode durar 30 anos e comprometer até 30 da renda durante esse período. Afinal, para dar entrada na maioria dos financiamentos é preciso ter 20 do valor do imóvel em mãos. Isso significa R$ 50 mil para um financiamento de R$ 250 mil, R$ 100 mil num financiamento de R$ 500 mil e R$ 150 mil para um financiamento de R$ 750 mil, o teto do valor aceito para o Sistema Financeiro da Habitação (SFH).
Descubra como a terraplenagem é importante para o sucesso da obra
A terraplenagem é importante por ser um processo que busca tornar a terra ou um determinado terreno plano. É utilizada principalmente em terrenos que possuem declives e que podem causar problemas na hora de construir. Em geral, a principal função da terraplenagem é aperfeiçoar os terrenos, principalmente com o objetivo de nivelar, encher e retirar o excesso do solo existente. O que pouca gente sabe é que uma construção é mais do que desenhar a obra e erguê-la no terreno, envolvendo muitos processos que são essenciais para a boa execução da construção. E um desses processos é a terraplenagem.
A importância da terraplanagem em uma obra
Quando você decide construir, é importante ter em mãos um bom projeto e o máximo de conhecimento sobre o que será executado. Porém, antes que a estrutura comece a ser levantada, é necessário preparar o solo, para garantir um resultado satisfatório para todos.
Afinal, o que é terraplanagem e para que serve?
Na hora de construir seja uma casa ou um prédio comercial, muitas são as técnicas que podem ser usadas para a preparação do terreno e entre elas está a terraplanagem. Você sabe o que é terraplanagem e quando essa técnica é indicada na obra? Continue a leitura para saber mais sobre o assunto.
Reformar ou demolir? Arquiteto dá 6 dicas para ajudar na decisão
Especialista comenta os aspectos que devem ser observados antes de iniciar uma obra de reforma ou até de optar pela demolição do imóvel  
Construção civil retoma contratações
São Paulo – Após período fraco, o setor de construção civil começa a dar sinais de crescimento. No PIB do 2º trimestre, a área mostrou um crescimento de 2 em relação ao mesmo período de 2018, segundo dados do IBGE. Foi o primeiro resultado positivo após 20 quedas consecutivas. E o número também se reflete nas contratações. Segundo levantamento da Michael Page, a procura por certos profissionais da área aumentou 300 nos nove primeiros meses deste ano ante o mesmo período anterior. Renato Trindade, gerente executivo da divisão de operações de Propriedade e Construção da Michael Page e Page Personnel, explica que o número elevado é decorrente da baixa movimentação nos anos anteriores, mas ainda mostra uma retomada e um potencial grande de contratações para o próximo ano. “O aquecimento está ligado a expectativa de mercado, principalmente com a baixa de juros e o cenário econômico mais favorável. O investimento na construção civil também teve uma retomada forte nos Estados Unidos, o que faz com que os investidores olhem para outros mercados e no momento o mercado brasileiro tem atratividade maior”, fala ele. Segundo ele, a movimentação de recrutamento foi para cargos de alto nível hierárquico e muito estratégicos para buscar novos negócios e investimentos. Atualmente, as oportunidades estão concentradas ainda na região Sudeste, onde ficam as bases das maiores incorporadoras, principalmente em São Paulo. Para o resto do Brasil, o gerente acredita que a retomada ocorra de forma mais lenta. “Não temos um boom de empregos, mas um aumento de oportunidades para profissionais mais qualificados. As empresas têm olhado mais para a eficiência, buscando o profissional multifuncional, que mais possa agregar ao cargo. Elas procuram executivos de níveis altos, mas não há mais tantas cadeiras disponíveis. A indústria passou por uma otimização da gestão, onde havia 10 diretores, agora terá apenas três”, diz. Para ele, as empresas têm procurado preencher cargos que mostram o interesse para investimentos novos e devem começar no próximo ano as contratações para níveis iniciais, como analistas e especialistas de engenharia e operação. Confira a relação de cargos mais demandados, com os perfis e salários, da área em 2019: Gerente ou diretor de novos negócios O que faz: prospecção de novos negócios para a empresa, negociação e busca por terrenos, estudo de viabilidade econômica, especialista em aprovação, legalização, regulamentação, gestão de equipe, participa de convenções e congressos, desenvolve relacionamento no mercado público e privado. Perfil: é desejável formação ou especialização em Engenharia, Negócios, Negociação. O conhecimento de idiomas é desejável, mas não imprescindível, a depender da empresa. O perfil também é estratégico para relacionamento com a rede de corretores e vendedores. Salário: para gerente, de 15 a 25 mil reais (com variável). Para diretor, de 25 a 40 mil reais (com variável) Motivo para alta em 2019: o cargo é peça-chave para aquisições nas incorporadoras e construtoras, gerando oportunidade de novos negócios, também é fundamental nas definições de planos táticos e estratégicos da companhia para o atingimento das metas e aumento nos resultados. Gerente comercial/vendas O que faz: prospecção de potenciais clientes e parceiros, gera demanda e ações promocionais, acompanha a performance e desenvolve a força de vendas, estabelece planos de visitas, realiza análise de concorrentes, estudo de mercado, levantamento de resultados de vendas e demanda, participa de convenções e congressos, desenvolve relacionamento no mercado público e privado. Perfil: é desejável ter formação ou especialização em Engenharia, Negócios, Marketing, Comercial ou Negociação; ter experiência prévia no mercado de Real Estate; conhecimento de idiomas é desejável, mas não imprescindível, isso pode variar pela nacionalidade e demais pré-requisitos da empresa. Salários: de 20 mil a 30 mil reais (com variável) Motivo para alta em 2019: as incorporadoras têm estruturado cada vez mais as “Houses” ( braços comerciais de vendas do setor imobiliário) para não depender das imobiliárias e corretoras, oferecendo pacote mais atrativo e treinamentos preparatórios. As “Houses” se tornaram peça-chave nas definições de planos táticos e estratégicos comerciais das incorporadoras para o cumprimento das metas, aumento nos resultados de vendas e engajamento da equipe comercial. Gerente de facilities/property O que faz: é o profissional responsável pela gestão dos contratos terceirizados ou de prestação de serviços no que diz respeito a aluguel, recepção, manutenção, instalação, limpeza, telefonia, segurança patrimonial, compras, etc. Esse profissional também fica responsável pela elaboração de estratégias de revisão/cancelamento/assinatura desses contratos, visando ao controle de custos, estabelecimento de despesas previstas, elaboração de budget anual ou semestral. Ele também olha para o estabelecimento de novas parcerias e benefícios que agreguem valor à vida dos colaboradores, bem como busca a implementação de inovações tecnológicas que proporcionem bem-estar geral. O objetivo é sempre avaliar e apresentar os resultados obtidos. Perfil: é desejável formação em Engenharia Civil,  com pós ou especialização em Administração, Arquitetura, Direito e áreas correlatas. Salário: de 18 mil a 25 mil reais, dependendo do porte da empresa. Motivo para retomada em 2019: em momento de retomada é importante “organizar a casa” e priorizar redução de custos e despesas, bem como retomar o olhar de cuidado com os serviços aos clientes e aos colaboradores.
Terraplanagem: 6 Dicas para executar esta técnica de construção com perfeição!
Quando se fala de terreno durante uma construção, é importante que haja um cuidado redobrado com a questão da terraplanagem, afinal de contas esta técnica é muito importante, uma vez que ela vai trabalhar a base de sustentação de todo o seu projeto. A terraplanagem é uma técnica que permite, como o nome sugere, aplanar um terreno, para que a construção seja facilitada. Entretanto, o processo não é tão fácil, e é preciso atenção à topografia do terreno para que haja adequação das suas vontades às limitações do mesmo. Nesse artigo, você aprenderá 6 dicas de como executar a terraplanagem com perfeição, e ter a garantia de uma construção bem planejada. Confira a seguir! 6 dicas para executar bem a terraplanagem de uma construção Contrate um profissional da área. Antes de mesmo comprar o terreno, certifique-se de contatar um profissional especializado em terraplanagem. É ele quem te dará as condições do terreno, e o que pode e não pode ser feito naquela área de acordo com o seu plano. Uma dica: Quanto mais perto ao nível do pavimento térreo for da topografia do terreno, mais você economizará com a terraplenagem, que em certas obras podem dominar até 20 dos custos totais. Faça um plano de acesso dos equipamentos. Você com certeza precisará de certos equipamentos para fazer a terraplanagem do seu terreno. É bom que você pense em formas de facilitar o transito dessas máquinas. Além disso, quando for escolher as máquinas, pense exatamente em quais você precisará usar, para evitar o desgaste do solo com máquinas que não são para o tipo de serviço desejado e gastos desnecessários. Faça limpeza das áreas Antes de começar a terraplanagem em si, retire toda as vegetações da área e quaisquer outros vestígios. Isso vai garantir a qualidade do seu terreno, deixando-o mais sólido e estável. Não tire terra demais Isso pode comprometer a qualidade do seu terreno. Caso o seu terreno seja na parte de cima da rua, a depender do grau do desnível com o restante, será necessário retirar terra. Mas não tire muito, pois isso pode prejudicar as outras construções. Se o seu terreno está situado na parte superior da rua, ou seja, em desnível, isto significa será preciso, dependendo do desnível, tirar terra, mas extrair muita terra pode ser prejudicial, no caso de as demais construções ficarem mais altas que a sua. Escolha as máquinas certas. As máquinas grandes aumentam a produtividade e eficácia do trabalho, mas usar uma máquina do tipo bobcat, mini carregadeira, pode ser uma boa opção para limpar o terreno e para terraplanagem de poucos volumes de terra. É ótimo para áreas menores e ainda por cima reduz bastante os custos na mão de obra. Evite problemas Em certos locais é possível que sua terraplanagem seja dificultada por alguns pequenos inconvenientes. Por exemplo, se houverem muitas construções ao redor do terreno, fica mais complicado trabalhar. Além disso, fazer um trabalho sobre um aterro é mais difícil. É preciso que seja utilizada uma estaca mais profunda para o alcance do solo firme, e a depender do volume do aterramento o custo pode ser bem elevado.
Demolição: Dicas para garantir uma desconstrução segura
É comum a demolição de estruturas existentes no terreno antes da implantação do canteiro de obras. Mas é preciso estar atento há algumas precauções!  
Demolidora Zona Leste
Demolidora Fortaleza atua no segmento de demolições há muitos anos no mercado, somos especialista quando o assunto é demolição de grande, médio e pequeno porte, atendendo a qualquer demanda oferecida pelo mercado.
demolidora zona leste empresa de demolição preço de demolição por m2 demolição de casas antigas demolidora guarujá demolidora na zona leste
Central de Atendimento

(11) 5924-9600

Redes Sociais

 
Proporcionar aos nossos clientes a tranquilidade e a segurança através da prestação de serviços com qualidade, ética, eficiência, gentileza e atendimento diferenciado é o nosso maior diferencial.
Ap 3:8: "Eu o conheço bem! Você não é forte, mas tem procurado obedecer e não tem negado o meu Nome. Portanto eu lhe abri uma porta que ninguém pode fechar."